MUDANDO A DIREÇÃO DO PENSAMENTO

Quando estudamos o pensamento, função primordial do Espírito, entendemos que ele é puramente energia. Energia poderosa que manipula a matéria, converte ligações, promove a comunicação. Energia capaz de construir e de destruir, conforme a nossa determinação.

O pensamento tem uma conexão inquestionável com a evolução. É através dele que nos desenvolvemos como sociedade e civilização desde a era das cavernas. Através de erros e acertos vamos aprendendo e repassando o conhecimento para as gerações seguintes, seja no âmbito moral ou intelectual.

A pandemia pela qual estamos passando está dando ao mundo inteiro, sem exceção, a oportunidade de refletir. E refletir por si só significa mudar a direção de uma energia que pode ser luminosa (no caso de um espelho), sonora (no eco) ou mesmo mental (no pensamento). Estamos todos invariavelmente obrigados, neste momento, a lidar com a direção do que pensamos. Algumas pessoas possuem mais recursos do que outras para superarem esta crise, que é tão psicológica quanto material, mas a necessidade de reflexão é indiscutível.

Como estudiosos do Espiritismo e defensores da fé raciocinada, sabemos que todo desafio é essencialmente uma oportunidade. Neste momento, em que somos colocados de frente aos nossos maiores desconfortos, temos a chance de avaliar por que nos sentimos tão incomodados. Sempre que sentimos alguma dor na alma devemos buscar compreender a sua origem e nos despir das máscaras que nos protegem, não dos vírus, mas das nossas imperfeições.

A maioria das dores morais procede dos mesmos vícios: orgulho, vaidade, egoísmo. Parece simples definirmos assim, mas não é trivial identificar a causa. É necessário refletir, voltar a energia para dentro, se autodescobrir. Quando obtivermos sucesso, seremos capazes de atuar na rota do nosso pensamento e como consequência reduziremos o sofrimento.

A vontade depende da intensidade das nossas ondas mentais, e é ela que define o sentido e a direção. Acima de tudo temos sempre o nosso livre-arbítrio, direito irrevogável. Se chegamos até aqui e temos todas as faculdades inatas do Espírito, somos capazes de encarar os desafios -muitos dos quais nós mesmos planejamos na erraticidade – e atuar a nosso favor. Essa postura individual, quando coletivizada, é essencial para a evolução da Humanidade na Terra.

Sabendo que o Espírito vem antes do Perispírito, que por sua vez é o modelo organizador do corpo físico, concluímos que é o pensamento que lidera os avanços materiais. Vamos, sim, sair dessa pandemia melhores do que entramos, até mesmo porque, pela Lei do Progresso, não é possível regredirmos. Mas essa mudança tem que começar pelo pensamento, individualmente. Aproveitemos a oportunidade para trabalharmos essa transformação. O benefício será para todos, mas sentiremos o alívio primeiramente em nós mesmos.

Taisa Bacharini

Facebooktwitterlinkedinmail

2 thoughts on “MUDANDO A DIREÇÃO DO PENSAMENTO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.