A vontade

A vontade é força propulsora que impulsiona o ser em direção aos seus propósitos. A vontade é a maior de todas as potências e seu poder é ilimitado. Sua ação é comparável a de um ímã.

Se o ser está imbuído de boas intenções a vontade funciona como um motor que arranca e impulsiona o individuo na direção do Bem Maior, na direção de um ser melhor, na criação de uma ideia nova, que muitas vezes já está adormecida no âmago da consciência e que faltava só um começo para ela ser colocada em prática.

É pela vontade que dirigimos nossos pensamentos para um alvo determinado. Na maior parte dos homens os pensamentos flutuam sem cessar. É preciso saber concentrar-se, por o pensamento de acordo com o pensamento de Deus. 

Os Espíritos elevados veem e ouvem os pensamentos uns dos outros, ao passo que os nossos são, na maioria das vezes, somente discordâncias e confusão. Aprendamos pois, a servir-nos de nossa vontade e, por ela, a unir nossos pensamentos a tudo o que é grande, à harmonia universal, cujas vibrações enchem o espaço e envolvem o mundo.

Geralmente alguns de nós gastamos a vida em coisas banais, improdutivas. Percorremos o caminho da existência sem nada saber a respeito de nós mesmos, de nossas riquezas íntimas.

E então nos perguntamos: como poderemos nos valer das nossas capacidades, orientando-as para um ideal elevado?

Pela vontade!

Mas como exercitar e colocar em ação a nossa vontade e alinhar os nossos pensamentos?

Olhemos atentamente para o fundo de nós mesmos. Fechemos, por alguns instantes, nosso entendimento às coisas externas. É na vida íntima, no desabrochar de nossas faculdades, de nossas virtudes, que está o manancial das felicidades futuras. Depois de havermos habituado nossos sentidos ao silêncio, seremos capazes de ouvir vozes fortificantes e consoladoras. As vozes de nossas próprias consciências. Há poucos homens que sabem ouvir seus próprios pensamentos. Raros são aqueles capazes de reconhecer e explorar os próprios potenciais.  O que importa é que podemos realizar tudo que quisermos no domínio psíquico. É só colocarmos em prática, na ação, a força de vontade, e estabelecemos uma corrente poderosa, que mina devagar e silenciosamente todos os obstáculos.

A vontade é força que leva o ser à felicidade, pois é ela que permite que exercitemos a nossa liberdade de escolhas sempre visando um fim comum. Querer é poder e o poder da vontade é ilimitado. O homem consciente de si mesmo, que identifica seus recursos latentes sente que suas forças crescem na razão de seus esforços. Sabe que, tudo o que deseja se realizará mais cedo ou mais tarde, ou na atualidade ou na série das existências, quando seu pensamento estiver de acordo com as Leis Divinas.

Com estas ideias conclui-se que : Onde estão as causas da felicidade?

As causas da felicidade não se acham em lugares determinados do espaço. Elas estão em nós, nas profundezas da alma. Como disse o Cristo: “O reino dos céus está dentro de vós”

Irene Wenzel Gaviolle

Facebooktwitterlinkedinmail

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.