VOCÊ TEM RECEIO DE ENCARAR ALGO NOVO?

Nesta reflexão quero te propor a pensar sobre o “novo”. Quais sentimentos e emoções são evocados em você, quando se depara com algo novo em sua vida?

Quero te provocar a buscar mais harmonia e serenidade diante dos desafios da vida neste planeta (meio doidinho ainda, né?).

Pensando sobre o “novo”, se a gente olhar pelo lado de bens materiais, uma grande maioria poderá dizer: – Como é bom poder adquirir algo com cheirinho de novo, né?

Mas…e pelo lado emocional? Renovar algumas atitudes e sentimentos seria algo bom pra você?

Olha só estes dois exemplos:

  1. Você gostaria de mudar algumas atitudes ou sentimentos que te trazem sofrimento?
  2. Você gostaria de mudar algumas atitudes ou sentimentos que está super acostumado(a) a ter e, a seu ver, não são problema pra você?

Respostas mais prováveis:

1-SIM.

2-NÃO.

Guarda aí na sua cabeça esses dois exemplos, porque vamos fazer referência a elas mais adiante.

Você sabia que nosso cérebro tende a economizar energia? Ou seja, se você já vivenciou ou aprendeu algo, a tendência é você agir dessa maneira, pois naturalmente já está acostumado com aquilo.

Já parou pra perceber qual a sequência de ações você executa quando toma banho? A tendência é você automaticamente agir na mesma sequência, sem esforço para pensar em fazer diferente, pois é mais fácil fazer sempre do mesmo jeito!!!

Ou seja, lidar com algo novo não é confortável para o nosso cérebro!! Exige esforço para criar novas conexões: as famosas sinapses neuronais.

Mesmo que a gente tenha plena consciência que algo novo pode ser muito bom pra gente (lembra da pergunta/resposta 1 acima?), na hora que a gente pensa em colocar em prática a nova atitude, pode vir aquele sentimentozinho: hum… mas vai dar trabalho, né?

Mudar de hábitos não é fácil, ainda mais quando se trata de atitudes e sentimentos que estamos acostumados. Então, “não ter coragem de encarar algo novo” é compreensível. Mas se você já está ciente que algum hábito ou sentimento não estão sendo bons pra você, isso já é um ótimo primeiro passo para algo novo e melhor.

Outro ponto importante:  ter paciência consigo mesmo e ir experimentando a mudança na medida do possível. Lembre-se: até a natureza não dá grandes saltos. Por que será?  O universo, ou multiversos, são divinamente perfeitos!! Tudo a seu tempo!

Puxa, mas mudar em alguns aspectos é tão difícil…

OK, mas olha só: – dizem que Jesus foi o maior psicólogo que já tivemos e eu concordo plenamente!!  Se a gente parar pra pensar em uma dentre as várias interpretações do ensinamento: Vigiai e Orai, buscar estar ciente dos velhos hábitos e sentimentos não seria, talvez, uma prática do Vigiai??  E o Orai não seria também um meio de mudar a vibração pra ter paciência consigo mesmo e ser mais otimista?

Lembra o que falamos sobre o cérebro? O novo exige esforço! È natural! Mas vale a pena dar uma chance!! A partir do momento que você se abre para a mudança e começa a tentar, o universo age a seu favor. Ação e Reação!

Outro impedimento para o novo pode ser o medo. Medo de mudar e não dar certo, medo do desconhecido etc. Mas… vamos pensar juntos: – como posso ter medo do novo, se ele ainda não foi experimentado? Tirando as situações obvias que podem trazer riscos à sua saúde e integridade física e moral, concorda que talvez não faça muito sentido a gente ter medo de algo só porque ainda não foi vivenciado?? É a mesma coisa que mostrar uma comida nova pra uma criança, e ela fazer careta só de olhar…rs… 

E o que fazer a respeito da pergunta/resposta 2 acima citada? Bem… foi só uma pegadinha, pra gente começar a pensar mais fora da caixa, e botar esse nosso cérebro lindo, maravilhoso e perfeito pra trabalhar mais, e considerar que a vida não pode ser vista só através da nossa ótica pessoal. E que ser flexível e abertos ao novo não nos faz perdermos o controle de algo que na verdade não pode ser controlado: – o “novo” sempre virá, porque a vida está sempre se renovando!!!

E sem querer me estender mais, e já me estendendo…segue um presentinho meu pra você que está lendo agora, de todo meu coração:

O novo

O novo é bom, é divino

Eu permito ao novo aderir ao velho, aproveitando o que também é bom e transmutando o que não é

O novo agrega e amplia o potencial divino que habita em todos nós

Eu tenho coragem em permitir que venha o novo

Eu cresço e aprendo a cada dia

O novo é luz que limpa meu coração de velhos hábitos que já não são mais úteis

O novo é evolução, é amor, é realização, é nova emoção que me faz crescer interiormente e prosperar infinitamente

Abençoado seja o novo em minha vida

Meu sincero desejo que de alguma forma este texto tenha sido útil pra você ou para alguém próximo.

Luz, harmonia e serenidade sempre!!

SORAIA DE OLIVEIRA GATTO

Expositora Espírita, analista de TI e aluna de Psicologia, aspirando a uma “nova” profissão 😉

Facebooktwitterlinkedinmail

3 thoughts on “VOCÊ TEM RECEIO DE ENCARAR ALGO NOVO?

  1. Soraia, parabéns pelo artigo, belas palavras!
    Qualquer mudança exige maturidade para lidar, por isso o novo assusta. O novo tende a nos transformar muitas vezes em algo que nem queríamos ou não esperávamos. Mas se parar pra pensar… Quando que o velho hábito foi criado por vc?? Pois é! O velho, um dia já foi novo, e vc se adaptou! A reflexão tá aí para todos entendemos e nos permitirmos às transformações que a vida e a sociedade nos impõem.

    1. Com certeza, Monique! Muito obrigada pelos comentários!
      É sempre muito bom podermos refletir em conjunto 😊🌻
      Bjsss 💙

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.